Como levar cachorro para Europa?

Como levar cachorro para Europa?

Quer saber como levar cachorro para Europa? Essa pode ser uma experiência gratificante, mas também envolve um planejamento cuidadoso para garantir que seu companheiro tenha uma transição suave para um novo continente.

Nós somos especializados em transporte internacional de animais e estamos aqui para ajudá-lo a entender todos os requisitos e considerações necessárias para tornar esse processo o mais fácil e seguro.

O que é preciso para levar um cachorro para a Europa?

Para levar um cachorro para a Europa, é fundamental compreender que as regulamentações variam de um país para outro, e é necessário estar atento aos requisitos específicos para cada nação visitada.

Os países da União Europeia, por exemplo, estabelecem normas rigorosas para a entrada de animais de estimação. Geralmente, os cachorros precisam ser identificados com um microchip, vacinados contra a raiva e possuir um exame de sorologia para raiva e atestado veterinário emitido por um veterinário autorizado.

Embora o Reino Unido tenha deixado a UE, ainda mantém regulamentações rigorosas para a entrada de animais. É essencial seguir as regras do programa Pet Travel Scheme (Esquema de Viagem de Animais de Estimação) para levar seu cachorro para o Reino Unido. Isso também inclui a microchipagem, vacinação contra a raiva e um período de espera antes da viagem.

Alguns países, como a Rússia, possuem regulamentos distintos para a entrada de cães. Certifique-se de pesquisar os requisitos específicos do destino para o qual você está viajando.

Outros países na Europa proíbem ou impõem restrições a raças específicas de cachorros. É importante consultar se a raça do seu cachorro está sujeita a quaisquer restrições no país de destino.

É importante notar que alguns países têm regulamentações únicas. Por exemplo, a Suíça não aceita animais de estimação com rabo ou orelhas cortadas, pois considera isso uma mutilação.

 

Quais são os tipos, portes e raças de cães que podem viajar para a Europa?

A permissão para levar um cão para a Europa varia dependendo do tipo, porte e raça do animal. Algumas raças são consideradas de alto risco e podem encontrar regulamentos mais rigorosos em diferentes países europeus.

Em alguns casos, pode ser necessário fornecer um termo de responsabilidade como parte do processo. Entre as raças que podem ser sujeitas a restrições mais severas estão:

  • Pitbulls,
  • Rottweilers,
  • Filas Brasileiros,
  • American Staffordshire Terriers.

Para raças mais comuns e cães de porte menor, os requisitos geralmente são mais simples. Isso inclui raças populares como York Shire, vira-latas, Poodles, Shih Tzus e muitas outras. No entanto, mesmo para essas raças, ainda é essencial garantir a identificação e documentação apropriada.

Lembre-se de que as regulamentações específicas podem variar de acordo com o país de destino, por isso é fundamental verificar as leis e regulamentos locais para garantir que seu cão seja elegível para a viagem. Planejar com antecedência e cumprir todas as obrigações legais garantirá uma viagem segura e bem-sucedida para o seu fiel companheiro canino.

Quais são as leis e normas para cães estrangeiros na Europa?

Levar um cachorro para a Europa envolve cumprir uma série de leis e normas que podem variar de país para país. No entanto, alguns requisitos gerais se aplicam a todos os cães estrangeiros que desejam entrar no continente europeu.

1. Vacinação contra a raiva

A vacinação contra a raiva é um requisito fundamental para a entrada de cães na Europa. O animal deve ser vacinado contra a raiva por um veterinário licenciado, e a vacina deve estar em dia. A idade mínima para a primeira vacinação e os prazos entre as doses podem variar de acordo com as regulamentações locais.

2. Microchip de identificação

Todos os cães devem ser identificados com um microchip que esteja em conformidade com os padrões internacionais. Esse microchip deve estar registrado com as informações corretas do proprietário e do animal.

3. Sorologia da raiva

Alguns países europeus exigem uma sorologia da raiva após a vacinação. Isso envolve a coleta de uma amostra de sangue para verificar se o nível de anticorpos é adequado. Geralmente, a sorologia da raiva deve ser realizada após a vacinação e um período de espera específico, conforme determinado pelas regulamentações locais.

4. Documentação adequada

É essencial ter toda a documentação apropriada em ordem para a entrada do cão na Europa. Além desses requisitos básicos, outros podem ser aplicados dependendo do país de destino na Europa. Alguns países podem ter regras específicas, como tratamentos antiparasitários obrigatórios, exames de saúde adicionais, termos de responsabilidade para raças específicas ou restrições quanto à entrada de alguns cães.

Portanto, antes de viajar com seu cachorro para a Europa, é fundamental pesquisar e entender as leis e regulamentos específicos do país que você pretende visitar. Cumprir todas as obrigações legais é essencial para garantir uma viagem segura e bem-sucedida para o seu animal de estimação.

 

Como levar um cachorro para a Europa?

Levar seu cachorro para a Europa exige preparação cuidadosa e adesão às regulamentações específicas de cada país. Para garantir uma viagem tranquila, siga estas etapas essenciais:

  • Certifique-se de que seu cão esteja vacinado contra a raiva, identificado com um microchip e, quando necessário, faça a sorologia da raiva.
  • Obtenha a documentação adequada, como o passaporte para animais de estimação da UE e certificado de saúde.
  • Pesquise as regulamentações específicas do país de destino, incluindo requisitos adicionais, termos de responsabilidade ou restrições para raças específicas.
  • Planeje com antecedência e cumpra todas as obrigações legais para garantir uma viagem segura e bem-sucedida para seu cão na Europa.

 

Quais são os meios de transporte para levar seu cão para a Europa?

O avião é geralmente a forma mais indicada e segura para levar seu cão para a Europa. Ele oferece o ambiente controlado e confortável necessário para o transporte de animais como carga. As companhias aéreas têm procedimentos específicos para o transporte de animais de estimação, garantindo a segurança e o bem-estar do seu cão durante a viagem.

Além do avião, há opções de transporte terrestre e marítimo, mas o transporte aéreo é amplamente preferido devido à sua eficiência e segurança. Certifique-se de verificar as políticas e regulamentos da companhia aérea escolhida para garantir uma viagem tranquila para seu cão.

É seguro levar seu cachorro para a Europa?

Sim, é seguro levar seu cachorro para a Europa, desde que o animal esteja em boa saúde. No entanto, é importante considerar alguns fatores. A viagem é longa, e o clima quente do verão europeu pode ser desafiador, especialmente para raças braquicefálicas (de focinho curto), que podem ter dificuldades em condições de calor.

Algumas companhias aéreas podem até recusar o transporte de certas raças nessas condições. Portanto, antes de viajar, é crucial verificar as políticas da companhia aérea, garantir que seu cão esteja saudável e considerar o bem-estar do animal durante a jornada.

Qual é a melhor época do ano para viajar com um cão para a Europa?

A melhor época para viajar com um cão para a Europa é durante a primavera e o outono. Evite as estações mais quentes e o frio rigoroso, pois essas condições climáticas podem ser desafiadoras para o animal durante a viagem.

A primavera europeia (março, abril, maio e junho) coincide com o outono no Brasil, enquanto o outono europeu (setembro, outubro e novembro) coincide com a primavera brasileira. Essa sincronização ajuda a evitar problemas com as companhias aéreas e proporciona um clima mais ameno para o seu cão durante a viagem.

Quais são os principais itens para levar em uma viagem com seu cão para a Europa?

Não há itens adicionais essenciais a serem levados com o animal em uma viagem para a Europa, uma vez que os requisitos e regulamentos concentram-se principalmente na documentação e no estado de saúde do cão.

Se o cão estiver apegado a brinquedos ou cobertas, esses itens podem ser despachados separadamente para ajudar no aspecto comportamental, mas eles não influenciam diretamente a viagem em si.

Quanto custa levar um cachorro para a Europa?

O custo de levar um cachorro para a Europa pode variar dependendo de vários fatores, incluindo:

  • país de origem,
  • país de destino,
  • tamanho do cachorro,
  • companhia aérea escolhida,
  • requisitos específicos do país de destino.

Para cães de pequeno porte, o custo geralmente fica a partir de 1500 dólares, mas é importante considerar que esses valores podem sofrer variações significativas dependendo das circunstâncias individuais.

Certifique-se de obter orçamentos específicos e verificar os custos associados a documentos, vacinações e exames de saúde necessários para garantir uma estimativa precisa do custo total da viagem.

 

Dica mais importante para levar um cachorro para a Europa

A dica mais importante para levar um cachorro para a Europa é planejar com antecedência. Certifique-se de entender completamente os requisitos do país de destino, cuide da documentação necessária, caixa de transporte e microchip.

Além disso, escolha a época certa para viajar, preferencialmente na primavera ou outono, para garantir o conforto do seu cão. É vital pesquisar e seguir todas as regulamentações específicas, incluindo as relacionadas a raças restritas.

Se você tem alguma dúvida ou precisa de assistência no transporte de animais para a Europa, entre em contato conosco para obter orientações preencha nosso formulário de cotação. Estamos aqui para ajudá-lo a tornar a viagem do seu cão para a Europa uma experiência segura e tranquila.

 

Evite problemas e tire dúvidas