Como levar cachorro para outro país?

Como levar cachorro para outro país?

Levar seu cachorro para outro país pode ser uma experiência incrível, cheia de desafios e alegrias, tanto para você quanto para seu companheiro canino. A mudança de ambiente, culturas e paisagens pode proporcionar vivências inesquecíveis para ambos.

No entanto, antes de embarcar nessa jornada, é fundamental considerar cuidadosamente se essa é a escolha certa para você e seu animal de estimação. Neste artigo, abordaremos todos os aspectos relevantes sobre como levar um cachorro para outro país.

Quando vale a pena levar um cachorro em viagens internacionais?

Viajar com seu cão para outro país é uma decisão que exige planejamento, recursos financeiros e, acima de tudo, um comprometimento significativo. Antes disso, é importante avaliar quando realmente vale a pena levar seu amigo peludo consigo.

Viagens curtas geralmente não compensam o investimento de tempo, esforço e custos associados a levar um cachorro para o exterior, mas quando você está considerando morar ou passar longos períodos em um novo país, a presença do seu cão pode ser uma fonte de conforto e alegria.

Posso levar o cachorro em qualquer voo internacional?

Viajar com um cachorro em voos internacionais é a melhor opção para levá-lo para outro país. No entanto, várias considerações, como o tamanho do cão, horário, destino e a companhia aérea escolhida, desempenham um papel crucial na determinação da viabilidade do transporte do seu cão.

1. Tamanho e raça

Cães de grande porte não costumam ter permissão para viajar na cabine com os passageiros e, em vez disso, devem ser transportados no porão ou como carga viva. O tamanho da raça também pode afetar as opções disponíveis, já que raças maiores podem ter requisitos específicos.

2. Companhia aérea

A política de transporte de animais de cada companhia aérea varia. Alguns operadores oferecem a opção de transportar cães na cabine em determinados voos, enquanto outros permitem que cães viajem apenas no porão ou como carga. É essencial verificar as políticas da companhia aérea e reservar com bastante tempo de antecedência.

3. Restrições por destino

Alguns países têm regulamentos rigorosos sobre a entrada de animais de estimação, o que pode limitar suas opções de transporte. Países como o Reino Unido e Dubai possuem regulamentos mais restritivos.

4. Horário do voo

O horário do voo também pode ser um fator determinante. Voos noturnos ou de longa duração podem ser mais desafiadores para seu cão devido ao estresse e à falta de espaço.

Assim, a possibilidade de levar seu cachorro em voos internacionais é altamente variável. Na maioria dos casos, pode ser benéfico contar com a ajuda de profissionais experientes em transporte de animais, como a equipe da Carga Viva, para garantir uma viagem segura e confortável para seu companheiro peludo.

Quanto custa levar o cachorro em um voo internacional?

O custo de levar um cachorro em um voo internacional depende de vários fatores, como o tamanho do cão, o destino, a companhia aérea escolhida e o serviço selecionado (porão ou como carga viva).

O valor de cerca de 2500 dólares pode ser considerado uma média para cães de porte pequeno transportados como carga viva, mas é importante lembrar que os preços podem flutuar. Aqui estão alguns fatores a serem considerados no cálculo do custo:

  • Tamanho do cão: O tamanho do cão afeta diretamente o preço, pois cães maiores ocupam mais espaço no porão ou na área de carga. Portanto, cães de grande porte podem custar mais para transportar.
  • Destino: O custo varia de acordo com o destino devido a regulamentos específicos, taxas de importação e impostos. Alguns países têm regulamentos rigorosos e custos associados à entrada de animais de estimação.
  • Companhia aérea: Cada companhia aérea tem suas próprias políticas e preços para o transporte de animais. Algumas podem ser mais caras do que outras, e os serviços oferecidos também variam.
  • Tipo de serviço: O transporte como carga viva ou no porão pode ter custos diferentes em comparação com o transporte na cabine. A segurança e o conforto do animal são prioridades, e isso pode influenciar o preço.
  • Serviços adicionais: Outros serviços, como documentação veterinária, acomodações temporárias, caixa de transporte adequada e seguro de viagem para animais de estimação, podem adicionar custos extras.

Portanto, é essencial entrar em contato com a companhia aérea, obter cotações específicas e entender todas as taxas e custos associados antes de planejar a viagem com seu cachorro.

Além disso, levar em consideração o bem-estar e a segurança do seu animal de estimação é fundamental, e escolher uma empresa de transporte especializada, como a Carga Viva, pode garantir que a viagem seja realizada da melhor maneira.

Quais são as regras para levar cachorro para outro país?

Levar um cachorro para outro país envolve a conformidade com regulamentações específicas de importação de animais de estimação de acordo com o país de destino. Cada nação tem suas próprias regras e requisitos, e a falta de adequação pode resultar em atrasos ou até mesmo na recusa de entrada do seu animal de estimação.

Aqui estão algumas regras gerais comuns a muitos países, mas é importante verificar as regulamentações específicas do seu destino.

1. Identificação por microchip

Em muitos países, o uso de um microchip é obrigatório. O microchip deve estar de acordo com as normas internacionais para que o animal possa ser devidamente identificado.

2. Vacinação contra a raiva

A vacinação contra a raiva é um requisito padrão. O animal deve ser vacinado contra a raiva em conformidade com as regulamentações locais e internacionais. Normalmente, a vacinação deve ser realizada pelo menos de 21 a 30 dias antes da viagem.

3. Exame de sorologia

Alguns países exigem exames de sorologia para verificar a eficácia da vacina contra a raiva. O teste de anticorpos deve ser realizado após a vacinação e dentro de um período específico antes da viagem.

4. Certificado de Saúde (CZI – Certificado Zoosanitário Internacional):

O CZI é um documento essencial que atesta a saúde do animal. Um veterinário deve emitir esse certificado, verificando que o animal está livre de doenças contagiosas e atende a todos os requisitos de saúde do país de destino.

5. Tratamento antiparasitário

Alguns países podem exigir que seu animal de estimação seja tratado contra parasitas internos e externos, como pulgas e carrapatos, dentro de um período específico antes da viagem.

Além dos requisitos gerais, cada país pode ter regulamentações adicionais. Por exemplo, alguns países podem exigir tratamento contra determinadas doenças específicas, como a Leishmaniose.

É importante salientar que os regulamentos podem mudar com o tempo. Por isso, é fundamental verificar as regulamentações específicas do país de destino e garantir que todos os documentos e requisitos sejam atendidos.

A assistência de um veterinário experiente e de profissionais de transporte de animais pode ser valiosa para garantir que a viagem do seu cão seja bem-sucedida e dentro das regras do país de destino.

Como levar um cachorro para outro país passo a passo?

Levar um cachorro em uma viagem internacional envolve uma série de passos essenciais para garantir uma jornada segura e tranquila para seu animal de estimação. Aqui está um guia passo a passo para ajudá-lo a se preparar.

Passo 1:Planeje-se antecipadamente

Comece a planejar a viagem com antecedência. Pode levar meses para cumprir todos os requisitos, então quanto mais tempo de antecedência você começar, melhor.

Passo 2: Verifique os requisitos do país de destino

Pesquise as regulamentações de importação de animais de estimação do país de destino. Verifique os requisitos de identificação, vacinação, exames de sangue, documentação e qualquer outra exigência específica.

Passo 3: Não esqueça do microchip de identificação

Certifique-se de que seu cão tenha um microchip de identificação de acordo com as normas internacionais da maioria dos países. Isso é crucial para rastrear seu animal em caso de perda.

Passo 4: Providencie a vacina contra a raiva

Certifique-se de que seu cão esteja atualizado com as vacinas, incluindo a vacinação contra a raiva. Respeite os prazos de espera após a vacinação, conforme necessário.

Passo 5: Faça o exame de sorologia

Se o país de destino exigir, agende o exame de sorologia para verificar a eficácia da vacina contra a raiva. Isso deve ser feito dentro do prazo estabelecido pelo país.

Passo 6: Emita o CZI – Certificado Zoosanitário Internacional

Agende uma consulta com um veterinário credenciado pelo governo para obter um Certificado Zoosanitário Internacional (CZI). Isso atesta a saúde do seu cão e garante que ele esteja livre de doenças contagiosas.

Passo 7: Realize o tratamento antiparasitário

Se necessário, forneça ao seu cão o tratamento antiparasitário dentro do período exigido antes da viagem.

Passo 8: Tenha uma caixa de transporte adequada

Adquira uma caixa de transporte aprovada pela IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo) que seja espaçosa e confortável para seu cão. Certifique-se de que ele se acostume com a caixa antes da viagem.

Passo 9: Reservas de voo e companhia aérea

Faça reservas de voo com uma companhia aérea que permita o transporte de animais de estimação e esteja ciente das políticas de transporte de animais que ela estabelece.

Passo 10: Viagem

No dia da viagem, siga todas as instruções da companhia aérea e chegue com antecedência. Certifique-se de que a documentação esteja pronta e acessível.

Passo 11: Chegada ao destino

Após a chegada ao destino, siga as orientações do país para a entrada de animais de estimação. Esteja preparado para passar pela inspeção de imigração animal.

Levar seu cachorro em uma viagem internacional envolve uma série de procedimentos e requisitos que podem ser complexos e demorados. No entanto, ao contratar uma empresa especializada em transporte de animais, como a Carga Viva, você pode evitar todo esse transtorno.

Nossas equipes experientes lidam com todas as etapas do processo, desde o planejamento até a chegada ao destino, garantindo que seu animal de estimação viaje com segurança e conforto.

Como devo treinar e preparar meu cachorro para a viagem?

Preparar seu cachorro para a viagem internacional é fundamental para garantir que ele viaje com conforto e segurança. Aqui estão algumas dicas sobre como treinar e preparar seu cachorro.

Comece a introduzir a caixa de transporte para o seu cachorro com antecedência. Deixe a caixa aberta e coloque brinquedos e petiscos dentro para torná-la um lugar agradável. À medida que o tempo passa, incentive seu cão a entrar na caixa voluntariamente.

Reforce o comportamento positivo com recompensas. Feche a porta da caixa por curtos períodos de tempo, aumentando gradualmente a duração. Certifique-se de que seu cão se sinta confortável lá dentro.

Antes da viagem, mantenha seu cão ativo com passeios regulares e exercícios. Isso ajudará a reduzir a ansiedade e o estresse durante a viagem. Além disso, faça uma visita ao veterinário antes da viagem para garantir que seu cão esteja saudável e em dia com as vacinas.

Evite alimentar seu cão pouco antes da viagem para evitar desconforto estomacal. Mas garanta  que ele esteja hidratado. Embora não seja estritamente necessário, habituar seu cão a sons similares aos de uma aeronave pode ajudar a reduzir o estresse durante o voo. Isso pode ser feito, por exemplo, com gravações de sons de aeroportos ou aviões.

Lembre-se de que cada cão é único, e a preparação prévia pode variar de acordo com a personalidade e as necessidades do seu animal de estimação.

Dica mais importante sobre como levar cachorro cachorro para outro país

Uma das dicas mais importantes para levar seu cachorro para outro país é o planejamento antecipado. Pois as regulamentações e os requisitos de viagem podem levar meses para serem atendidos. Ao planejar com antecedência, você terá tempo para garantir que todos os documentos, vacinas e exames necessários estejam em ordem, e seu cão estará melhor preparado para a viagem.

Para tornar todo o processo ainda mais simples e tranquilo, convidamos você a entrar em contato conosco, especialistas em transporte internacional de animais. Nossa equipe experiente pode orientá-lo em todos os passos necessários, oferecer suporte com as regulamentações do país de destino e garantir que seu cão viaje com segurança e conforto.