Como levar gato para os EUA?

Os Estados Unidos é o país com o maior número de pets. Por lá, gatos e cachorros são muito bem-vindos e contam com uma rede de assistência de saúde e mercado de produtos que vão te surpreender!

O  número de felinos nos lares americanos cresce ano a ano. Então, se você e seu “bichano”, estão com planos de se mudarem para os EUA, podem começar a planejar essa nova jornada!

A sua viagem é mais simples, mas a do gato precisa respeitar uma série de protocolos. Você pode estar se perguntando: Mas e aí? Como levar gato para os EUA? Quais as regras, como fazer?

Fique tranquilo, a gente sabe como atender às regras e determinações do país para que tudo transcorra bem durante sua mudança ou passeio pela a terra do “Tio Sam”.

Quem pode levar um gato para os EUA?

Qualquer pessoa pode levar um gato para os EUA, desde que apresente o passaporte e visto atualizados.

A gente sabe que cada vez mais as pessoas se rendem à vontade de ter um animal de estimação em casa, dando preferência aos gatos. Alguns fatores motivam o cenário, como:

  • Estilo de vida moderno com rotina de trabalho agitada, no qual tutores passam a maior parte do dia fora de casa,
  • Verticalização das cidades e espaços residenciais cada vez mais compactos, compatível com pets de pequeno porte,
  • Características comportamentais e de personalidade dos felinos, que são menos dependentes dos seres humanos e podem passar a maior parte do dia sozinhos,
  • Personalidade dócil e afetuosa, o que faz dos gatos ótimos animais de estimação.

O crescimento da população felina segue uma tendência mundial e a maioria das empresas aéreas permite que você viaje com seu gato na cabine do avião em uma bolsa flexível abaixo do assento.Mas para isso acontecer, vai depender do tamanho e peso do animal.

Vale ressaltar que se o seu gato for viajar no compartimento de carga ou porão, por causa do peso ou tipo de raça, quem for fazer a liberação aduaneira, lá nos Estados Unidos, não pode ter o visto de turista.Saiba que a Carga Viva Export oferece esse serviço e faz a liberação aduaneira para você com agilidade e segurança.

Quais são as leis e normas para levar um gato para os Estados Unidos?

Os Estados Unidos adoram os felinos, por lá, eles formam a maior população de pets. O protocolo de leis e normas para embarcar o seu gato é simples, acompanhe:

  • A primeira dica é nos procurar com antecedência mínima de 45 dias para que possamos lhe ajudar a encontrar a melhor maneira de levar o seu gato para os EUA,
  • O animal precisa estar em bom estado de saúde,
  • Para embarcar o gato precisa ter no mínimo 4 meses de vida. Isso porque só a partir dos 3 meses ele poderá tomar a vacina antirrábica. Assim que ele toma a vacina temos que esperar no mínimo 30 dias para que esteja apto a embarcar no avião,
  • O microchip no animal não é obrigatório, mas nós orientamos aos nossos clientes que levem o animal ao veterinário para que ele seja colocado. O microchip zela pela segurança do próprio animal e garante tranquilidade ao tutor.
  • 48h antes da viagem, é preciso dar entrada no pedido do CVI (Certificado Veterinário Internacional) ou CZI (Certificado Zoossanitário Internacional). Ali é gerado um atestado que deve ser preenchido e assinado pelo veterinário do animal. Em seguida, você o devolve para que possamos conseguir a aprovação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

O CVI ou CZI é um documento emitido de forma gratuita pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e certifica que foram cumpridos todos os requisitos sanitários necessários para levar o gato para os EUA. Este documento tem validade de até 10 dias.

Como levar meu gato para os EUA?

O animal precisa estar em bom estado de saúde e vacinado contra a raiva a pelo menos 30 dias antes do embarque.

A maioria dos gatos viaja na cabine, mas se o seu animal é aquele que mia bastante, aconselhamos que ele viaje no porão ou compartimento de carga. Muitos clientes nos relatam que os animais miam durante todo o trajeto causando transtornos e constrangimentos.

Veja como o seu gato pode seguir viagem para os EUA:

  • O animal pode viajar em uma bolsa de transporte flexível colocada embaixo do assento, isso, se ele atender às regras da companhia aérea quanto à raça, peso e tamanho. Geralmente, nessa modalidade, o peso da do animal mais o da bolsa, é permitido variar de  7  a 10 quilos, conforme a companhia aérea,
  • Os gatos braquicefálicos (focinho curto) geralmente viajam na cabine, desde que atendam às exigências da empresa pela qual vai voar,
  • Se o animal não puder ir na cabine o transporte é feito no compartimento de carga. Diferente do que muita gente pensa, o compartimento de carga ou porão, é um local seguro, com pressão, ventilação, iluminação e temperatura controladas. A caixa de transporte do seu pet vai presa ao assoalho da aeronave, ela não fica solta,
  • Se o gato seguir viagem no compartimento de carga, acompanhando de um passageiro no mesmo voo, ele se enquadra na modalidade excesso de bagagem. Se ele for seguir sozinho, lembre-se que você precisará fazer a liberação aduaneira. Nós realizamos este serviço para você.

 

O Cheddar deixou Campinas para viver em Dallas nos EUA.

Quais são os meios de transporte para levar um gato para os EUA?

O mais seguro, rápido e usual é o transporte via aérea. O transporte em navios não é indicado, o seu gato levaria dias para chegar ao destino. Isso sem contar que ele passaria dias na caixa de transporte.

É seguro levar seu gato para os Estados Unidos?

A viagem de gatos para os Estados Unidos têm menos exigências do que para cães, é corriqueira e muito segura. O mais importante é você levar o animal ao veterinário e atestar que ele está em bom estado de saúde para fazer a viagem.

Chegando nos Estados Unidos, se o gato tiver viajado no compartimento de carga, sem uma pessoa o acompanhando no mesmo voo, você precisará fazer a liberação aduaneira. Quem for liberar o pet não pode estar com visto de turista.

Independente da forma como seu animal de estimação será transportado, seja na cabine ou compartimento de carga, você deverá ter os documentos de viagem e de vacinações exigidos.

O que é preciso para levar um gato para os EUA?

Para você levar um gato para os EUA, ele precisa ter no mínimo 4 meses de vida. Isso porque somente a partir dos 3 meses ele pode tomar a vacina antirrábica, que é exigida pelo governo americano.

Leve o animal ao veterinário para uma consulta, para assegurar que ele está em bom estado de saúde. Depois que o gato tomar a vacina antirrábica temos que esperar no mínimo 30 dias para conseguir embarcá-lo.

Dois dias antes da viagem, que já estava agendada anteriormente, deve-se dar entrada no pedido do CVI (Certificado Veterinário Internacional) ou CZI (Certificado Zoossanitário Internacional). O documento é emitido de forma gratuita pelo MAPA e certifica que foram cumpridos todos os requisitos sanitários necessários para levar o gato para os EUA.

O sistema do CVI gera um atestado que deve ser preenchido e assinado pelo veterinário do animal. Em seguida, você o devolve para que possamos conseguir a aprovação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Este documento tem validade de até 10 dias.

Outro detalhe importante é conferir se a bolsa flexível ou a caixa de transporte, atende às exigências da companhia aérea em que fez a reserva.

Posso levar um gato híbrido para os EUA?

Os gatos híbridos são animais frutos do cruzamento de gatos selvagens com gatas domésticas. Eles não têm permissão para entrar nos Estados Unidos. Confira algumas raças de gatos híbridos.

  • Savannah,
  • Bengal,
  • Chausie,
  • Cheetoh.

Quais são os documentos necessários para levar um gato para os EUA?

  • Carteira de vacinação original,
  • Comprovação que o animal tomou a vacina antirrábica 30 dias antes do embarque,
  • Certificado Veterinário Internacional (CVI),
  • Ideal colocar o microchip no animal.

Quanto custa mandar um gato para os Estados Unidos?

O valor para levar um gato para os Estados Unidos depende de uma série de variáveis. Primeiro, é preciso calcular a logística do local de origem para o destino. O preço vai variar conforme a distância, pensando que os EUA têm 50 estados.

Ter a escala ou não no voo, se o gato vai na cabine, como excesso de carga ou como carga viva, influenciam no valor da viagem do seu animal.

Quanto custa para levar um gato no avião internacional?

O valor da viagem internacional de um gato tem muitas variáveis. O preço da passagem alterna de companhia para companhia. Leva-se em conta ainda a cotação da moeda estrangeira no dia em que for fechar compra.

Além disso, os Estados Unidos têm uma grande dimensão territorial. Para se ter um valor aproximado de quanto custa levar um gato no avião internacional é preciso fazer a cotação sabendo ao menos a origem e destino, e qual companhia aérea o animal irá viajar.

Passo a passo para levar seu gato para os Estados Unidos

A viagem para você levar o gato para os Estados Unidos  não tem muitas exigências, mas é preciso atender aos prazos e protocolos sanitários.

  • Procure a Carga Viva Export com pelo menos 45 dias de antecedência,
  • O animal precisa estar em bom estado de saúde,
  • Ele vai precisar tomar a vacina antirrábica pelo menos 30 dias antes de embarcar,
  • A carteira de vacinação precisa estar em dia,
  • O CVI (Certificado Veterinário Internacional) ou CZI (Certificado Zoossanitário Internacional) precisa ser pedido dois dias antes da viagem. Este documento tem somente 5 dias de validade e é ele que atesta que o gato vai poder entrar nos EUA.

Dicas para levar seu gato para os Estados Unidos

Uma dica importante é que você primeiro decida qual companhia aérea vai atender o trecho que precisa. Em seguida, peça as dimensões de bolsa flexível e caixa de transporte, para depois você adquirir esses itens. Isso porque as especificações de bolsa e caixa variam de companhia para companhia.

Outra sugestão é que você adquira essa caixa ou bolsa com antecedência (pelo menos 2 meses antes da viagem) para fazer a adaptação do gato. Assim, minimizamos ao máximo o estresse animal se ele sentir que ali é um espaço seguro, onde ele dorme, come e se diverte.

Dica mais importante para levar um gato para os Estados Unidos

Quando você pensa em levar um gato para os Estados Unidos, a primeira coisa que deve se ater é quanto ao estado de saúde dele, se a vacinação está em dia e se ele tomou a antirrábica a menos de 30 dias do embarque.

Além disso, é importante escolher com antecedência a companhia aérea para poder comprar a bolsa flexível ou a caixa de transporte conforme a indicação especificada naquela empresa.

Fale com a equipe da Carga Viva Export. Nosso time tira todas as suas dúvidas e entrega um orçamento em até 3 dias úteis. Levar o seu gato para os EUA pode ser mais fácil do que você imagina.